Psicologia 1.Cap (pto 1.1, 1.2)_Apontamentos

Publicado: maio 15, 2010 em Psicologia

1.Introdução

1.1. A Psicologia como ciência

1.2. Principais ramos da psicologia

1.3. Origens e perspectivas actuais da Psicologia

1.4. Aspectos éticos na investigação em Psicologia

 

_______________A Psicologia como ciência

 

Origem da palavra Psicologia:

O termo “psicologia” deriva de duas palavras gregas, psyche, que significa alma ou mente e logos, que significa estudo, conhecimento de um determinado assunto. Sendo portanto a ciência que estuda o comportamento e os processos mentais.

 

Estudo cientifico significa que os psicólogos usam métodos bem organizados para descrever, explicar e interpretar os factos psíquicos – a observação e a experimentação. Não se limitam a observar, acumular e catalogar os factos. Os investigadores/psicólogos tem que ser imparciais. Tem objectivos especiais, isto é, estuda os modos como o indivíduo age, faz experimentação, socorre-se das experiencias alargadas, obedece a princípios científicos, sendo os psicólogos investigadores fora do problema em si.

 

Comportamento, em sentido restrito, significa um conjunto de actos directamente observáveis, tais como falar, correr, corar, etc.

 

 No entanto a Psicologia não se limita a estudar o que as pessoas fazem. Interessa-se por fenómenos ou factos que não são exteriormente observáveis – os Processos Mentais – tais como o pensamento, o raciocínio, o sonho e o sono, a sensação e a percepção, os sentimentos as atitudes.

 

Definição da Psicologia:

Nasce no século XIX – 1879 – A Psicologia como Ciência, sendo o objecto de estudo o comportamento e os processos mentais (no todo, humano ou animal, ajustado ou desajustado) foi o resultado de uma evolução.  Este dois elementos não podem ser estudados isoladamente, estão intimamente ligados, pelo que os psicólogos na actualidade entendem por comportamento aquilo que um ser vivo (essencialmente o ser humano) faz, diz, pensa, sente.

 

 

Psicologia do Senso comum, O que é?

 

 

 

 

 

 

Principais características da Psicologia como Ciência

Métodos e procedimentos científicos

Objectivos científicos

Princípios científicos

Não é uma ciência unificada é uma ciência completa


Ao usarem o método científico os psicólogos são capazes de encontrar respostas às questões sobre a natureza do comportamento e dos processos de pensamento de uma maneira mais válida e legítima do que mera intuição ou especulação.

Aparece no séc. XIX porque surge a importância de olhar para o indivíduo, já que o indivíduo é único, livre e está no centro da corrente humanista, que por sua vez tem uma área de estudo em vários domínios.

 Ex: arte.


A psicologia tem objectivos e procedimentos científicos. Estuda os processos mentais dos indivíduos. Tem também a parte da experimentação e recorre muito às experiências pois cada individuo tem características diferentes e a partir de um não se percebem todos. Os procedimentos científicos são processos de observação onde se tenta perceber os indivíduos mas nem sempre dá respostas suficientes, o que faz com que se recorra à experimentação. Ex: Laboratórios.


A psicologia também tem alguns princípios científicos, ou seja, tenta afastar-se do seu objecto de estudo de forma a obter uma observação neutra que é o seu principal objectivo. Deve também obedecer a princípios éticos.


Engenharia Psicológica – Muito utilizada na área da aviação. A construção dos aviões tem de atender à posição do piloto, por exemplo, para evitar a ilusão óptica. A psicologia ocupa-se de processos mentais (ex: raciocínio; inteligência) mas também pode agir no foro familiar (Ex: casamento; divórcio).

 

1.2. ________________Principais ramos da psicologia

 

Ramos: arvore Genealógica da Psicologia

A psicologia pode ser comparada a uma extensa família com vários sobrinhos e sobrinhas, tios, tias, primos que, mesmo não interagindo directamente, estão relacionados uns com os outros de maneira essencial. 

 

a) Biopsicologia: estudo das bases biológicas do comportamento, focalizando-se nas operações do cérebro e do sistema nervoso. A fim de estudar as maneiras de como as funções e as estruturas fisiológicas influenciam o nosso comportamento.

 

b) Psicologia Experimental: estuda os processos de sensação, percepção, aprendizagem e pensamento acerca do mundo.

 

Sub-ramos da P.Experimental:

 

c) Psicologia Cognitiva: estudo dos processos mentais superiores incluindo o pensamento, memória, resolução de problemas, raciocínio, julgamento e tomada de decisões, identificam maneiras mais eficazes de recordar, melhores estratégias para a resolução de problema de lógica.

 

d) Psicologia do Desenvolvimento : Exemplo: um bebé sorri pela 1.ª vês,…, dá os primeros passos…, diz a sua 1.º palavra, comportamentos universais do desenvolvimento humano – Todos os indivíduos passam por processo de desenvolvimento desde a nascença até à morte. Estuda as mudanças físicas e psicológicas que o indivíduo sofre ao longo da vida. que podem ser úteis para aconselhamento.

 

e) Psicologia da Personalidade: Há preocupação em perceber a constância ou mudança da personalidade. A personalidade é moldada através da nossa socialização mas também da nossa mente.

 

f) Psicologia da Saúde: estudam as relações entre factores psicológicos e doenças /lesões físicas (stress continuado – pode afectar a saúde publica)

 

g) Psicologia Clínica: Trata o comportamento perturbado. Diagnosticar e tratar problemas que vão de crises quotidianas – luto ou perder a noção de realidade.

 

h) Aconselhamento Psicológico: aconselhamento a nível educacional, social e carreira – estudantes sobre o tipo de trabalho mais adequado para cada, métodos mais eficazes, e estratégias para resolver as dificuldades do dia-a-dia.

 

i) Psicologia Social: estudo da maneira como os pensamentos, sentimentos e acções das pessoas são afectadas por outras.

 

j) Psicologia da Mulher: Concentra-se nos factores relacionados com o comportamento e desenvolvimento feminino (descriminação, diferenças estruturais do cérebro das mulheres das dos homens, efeitos das hormonas.

 

k) Psicologia Organizacional e Industrial: Assuntos de produtividade, satisfação no trabalho e tomada de decisão. Pode colocar questões como “como é que se influencia os trabalhadores de forma a poder melhorar a qualidade dos produtos que eles produzem?

 

l) Psicologia do Consumidor: Analisa os hábitos de compra das pessoas e os efeitos da propaganda no seu comportamento de consumidor.

m) Psicologia Intercultural: investiga as semelhanças e as diferenças no funcionamento psicológico em várias culturas e grupos étnicos.

 

n) Psicologia Evolucionária : herança genética de nossos antepassados.

Ou seja,

Fundamentos biológicos do compotamento

Biopsicologia

Sensações, percepção, aprendizagem e memória,

Psicologia Experimental:

– p. Cognitiva

Compreendendo a mudança e as diferenças individuais

Psicologia do Desenvolvimento

Psicologia da Personalidade

Saude física e mental

Psicologia da Saúde

Psicologia Clínica

Aconselhamento Psicológico

Psicologia Educacional

Psicologia Escolar

Compreender as nossas redes sociais

Psicologia Social

Psicologia da Mulher

Psicologia Organizacional e Industrial

Psicologia do Consumidor

Psicologia Intercultural

Novas especialidades

Psicologia evolucionaria

neuropsicologia,

Psicologia do ambiente

Psicologia forense,

Psicologia do desporto e do exercício

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s