Sociologia_ Teoria das Elites_ Professor Bettencourt_ 2.º semestre

Publicado: julho 2, 2010 em Sociologia

Nesta conjuntura, o professor João Bettencourt da Câmara dá-nos uma definição que se aproxima da de Guy Rocher. Contudo o professor, altera-lhe uma parte, na medida em que o carisma é uma característica exclusivamente individual.

 

 

 

DEFINIÇÃO GERAL DE ELITE    (Prof. Bettencourt da Câmara)

 

Elite faz-se compor por grupos ou agregados (não é uma pessoa) que, por deterem poder e/ou autoridade, exercem influencia (é o efeito de poder e de identidade), criando, modificando ou extinguindo condutas socialmente relevantes.

 

Detêm poder e autoridade, são conceitos autónomos e distintos.

Podem ter em simultâneo, ou pode haver situações em que só tem poder, ou só tem autoridade.

Exercem influência na medida que a acção das elites tem como efeito exercer influência. Exercem influência social.

Apresentam condutas socialmente relevantes. São as que podem gerar, consolidar, explicar a mudança social

 


É necessário, assim, para concluir, enunciar todos os tipos de elites:

 

TIPOLOGIA DAS ELITES:                             (do Guy Rocher)

 

E. PROPRIETÁRIOS

E. TRADICIONAIS

E. TECNOCRATAS

E. IDEOLÓGICAS

E. SIMBÓLICAS

 

 

E. PROPRIETÁRIOS

Têm grande propenção dos meios de produção.

São os donos das grandes empresas, fábricas, com capacidades de geral negócios. Exemplo: Belmiro de Azevedo

 

E. TRADICIONAIS

Têm autoridade mas nem sempre têm poder. São conservadoras, apelam a valores tradicionais. Exemplo: os que estão no topo da religião, forças armadas….

 

E. TECNOCRATAS

Tem poder racional, Têm autoridade. Têm o perfil que é definido no conjunto de regras.

Inscrevem-se no poder e autoridade burocrática de acordo com o que está estipulado. Não é um processo natural. As pessoas que fazem parte desta elite são limitadas pela lei.

 

E. IDEOLÓGICAS

Normalmente não têm poder, são elites influentes, mas cristalizam-se em torno de uma ideologia, em torno dos seus princípios (democráticos, religiosos…). Tradicionalmente São críticos, são contra o poder.

 

E. SIMBÓLICAS

Todas as elites são simbólicas, pois existe sempre uma troca de símbolos (valores, padrões, princípios).
Concentram-se nos valores e símbolos sociais. As pessoas não têm poder, têm alguma autoridade e têm de facto influencia. Pela sua forma de estar, influenciam as massas. Está em contraposição com a Elite politica.

As elites simbólicas têm elementos que materializam o poder, têm o reconhecimento da massa.

Exemplo:

Artistas de topo: Beatles influenciou ao nível de mudica e de moda.

Acadérmicos e Cientistas: Marcelo Rebelo de Sousa (em Portugal)

Figuras femininas, algumas sendo esposas de antigos ministros ou presidentes., tal como a Princesa Diana, Maria Barroso…..

Futebolistas: Beckam em Inglaterra, que  teve uma influencia enorme nas crianças.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s